Erro ao estabelecer uma conexão com o banco de dados: o que pode ser e como resolver no WordPress

Mesmo em um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS) tão qualificado quanto o WordPress, não há ausência de erros. Como consequência de um erro, não é possível acessar o site, o que causa perda de tráfego e ainda diminui a sua reputação não só com os usuários, mas também com os mecanismos de busca. Um erro mais comum do que se imagina é o erro ao estabelecer conexão com o banco de dados.

O que quer dizer “Error establishing a Database Connection”?

Tal como o nome indica, significa que o site não conseguiu estabelecer uma conexão com o banco de dados do WordPress.

O que quer dizer “Error establishing a Database Connection”
Fonte/Reprodução: original

Todas as informações de seu site WordPress, como credenciais de login, configurações de plugins, dados de posts e páginas, entre outras, são guardadas em seu banco de dados. Se não houver êxito ao tentar estabelecer uma conexão com o banco de dados, não será possível acessar o site.

O que faz o erro de conexão com o banco de dados aparecer?

Assim como em grande parte dos problemas que podem aparecer no cenário digital, é necessário analisar a situação antes de apontar uma causa específica. 

O que faz o erro de conexão com o banco de dados aparecer
Fonte/Reprodução: original

Contudo, é possível nomear as causas mais comuns e, com isso, estar melhor preparado para lidar com o erro. Afinal, apenas ao identificar precisamente o que ocasiona a falha será possível implementar medidas para solucioná-la.

Estão listadas abaixo algumas razões que podem ocasionar um erro de conexão com o banco de dados. 

Servidor inoperante

Uma possível causa do erro ao estabelecer conexão é uma falha temporária no servidor responsável pelo banco de dados. Isso é comum em hospedagem compartilhada,

onde o servidor oferece os mesmos recursos a múltiplos usuários e quando um site utiliza recursos além dos que foram previamente alocados a ele, o servidor nega

o acesso e fica inoperante até que a conexão se estabilize. Isso também ocorre quando o site recebe muitos acessos simultâneos, o que deixa o banco de dados sobrecarregado.

Erro nas credenciais de acesso

O WordPress usa as credenciais de login, registradas no arquivo wp-config.php, para acessar o banco de dados.

Se por alguma razão estas credenciais estiverem incorretas ou desatualizadas, a plataforma exibirá o erro ao tentar estabelecer a conexão com o banco de dados. Geralmente esse problema ocorre quando o site é migrado de um servidor host para outro.

Banco de dados corrompido

Outro motivo bastante comum está relacionado aos dados corrompidos.  Diversos fatores podem ocasionar o corrompimento dos dados armazenados, inclusive falhas em plugins, 

temas quebrados e até mesmo ataques de hackers. Portanto, é altamente recomendado reforçar a segurança do seu site.

O que fazer quando aparece a mensagem “Error establishing a Database Connection”?

A primeira sugestão é não fazer nada, aguardar um pouco e depois atualizar a página. Isso geralmente é suficiente, pois na maioria das vezes o problema é apenas uma instabilidade na conexão.

Caso isso não resolva o problema, será preciso investigar mais a fundo. Antes de tentar solucionar o problema, é recomendada a realização de um backup, pois diversas soluções envolvem a manipulação e alteração de informações em seu banco de dados e isso pode agravar ainda mais o problema.

Pode-se utilizar um plugin WordPress de backup conhecido, como o UpdraftPlus ou o Duplicator para fazer o backup de suas informações e do seu banco de dados. É sempre bom fazer um backup antes de tentar solucionar erros no seu site WordPress.

Qual é a função de um banco de dados?

Um banco de dados é um software usado para organizar, armazenar e recuperar dados com facilidade em outro software. Um CMS como o WordPress utiliza um banco de dados para armazenar todo o conteúdo de um site e é, seguramente, um dos componentes fundamentais de um site hospedado no WordPress.

Além de facilitar a rotina da equipe de TI, essa peça é crucial para oferecer uma navegação otimizada aos usuários, já que permite a organização eficiente de todas as informações contidas no site.

Basicamente, ele é o principal responsável por manter o site operante sem grandes complicações e realizar backups periódicos para garantir que todas as informações sejam protegidas.

Como acessar o banco de dados?

A Kangaroo Host disponibiliza acesso ao painel de controle cPanel para gerenciamento de arquivos e funcionalidades de sites. 

Após acessar o cPanel, clique em “Gerenciador de arquivos” e entre na pasta “public_html”, onde estarão os arquivos básicos do site WordPress, como a pasta “admin” e arquivos php.

Como corrigir o problema de conexão de Banco de Dados

Existem maneiras simples de corrigir o erro do WordPress ao estabelecer uma conexão com o banco de dados e colocar o site novamente no ar. Algumas delas estão listadas abaixo:

Erro no servidor

Uma possível solução é não fazer nada, aguardar um pouco e depois atualizar a página. Isso geralmente é suficiente, pois na maioria das vezes o problema é apenas uma instabilidade na conexão. 

Caso demore mais do que o habitual e o site estiver em hospedagem compartilhada, deve-se entrar em contato com o suporte do servidor de hospedagem e reportar o problema.

Erro nas credenciais de acesso

Para atualizar as informações de login, acesse o cPanel, clique em “Gerenciador de arquivos”, entre na pasta “public_html”, selecione o arquivo “wp-config.php” e clique em “Editar”. Com o arquivo aberto, localize as seguintes linhas de código:

        // ** MySQL settings – You can get this info from your web host ** //

        /** The name of the database for WordPress */

        define( ‘DB_NAME’, ‘nome’ );

        /** MySQL database username */

        define( ‘DB_USER’, ‘usuário’ );

        /** MySQL database password */

        define( ‘DB_PASSWORD’, ‘senha’ );

        /** MySQL hostname */

        define( ‘DB_HOST’, ‘localhost’ );

Esses elementos significam:

 – DB_NAME: nome do banco de dados

 – DB_USER: nome de usuário

 – DB_PASSWORD: senha de acesso

 – DB_HOST: o local de hospedagem do banco de dados

Anote as informações encontradas, volte para a tela inicial do cPanel e clique em “Banco de dados MySQL”, Nesta página haverá uma lista com os bancos de dados e usuários atuais. Confira se as informações encontradas nessa página correspondem àquelas encontradas no arquivo “wp-config.php”, se não corresponderem, basta alterar as seguintes linhas no arquivo:

        define(‘DB_NAME’, ‘nome_atualizado’);

        define(‘DB_USER’, ‘usuário_atualizado’) ;

        define(‘DB_HOST’, ‘host_atualizado’);

Se o problema persistir após esse procedimento, será necessário tentar outro método.

Banco de dados corrompido

Se o painel de administração do WordPress mostrar a mensagem de erro “Uma ou mais tabelas do banco de dados não estão disponíveis. O banco de dados pode precisar ser reparado.”, o banco de dados pode estar corrompido. Felizmente o WordPress possui um recurso que pode recuperá-lo. Acesse o arquivo “wp-admin.php” e, logo antes da seção “That’s all, stop editing! Happy blogging.” (por volta da 

linha 70), adicione a seguinte linha de código:

        define( ‘WP_ALLOW_REPAIR’, true );

Feito isso, acesse http://www.seusite.com/wp-admin/maint/repair.php . Onde aparecerão duas opções para recuperar seu banco de dados:

“Repair Database” e “Repair and Optimize Database”. Selecione a que for mais adequada.

Após esse processo, retorne ao arquivo “wp-admin.php” e remova a linha de código inserida anteriormente, pois se ela continuar habilitada qualquer pessoa poderá acessar o URL da página de reparo.

Como corrigir os arquivos corrompidos do WP?

Outro motivo possível para o problema de erro ao estabelecer uma conexão com o banco de dados é um tema ou plugin corrompido.

Para resolver o problema, entre no painel de controle do WordPress, clique em “Aparência” –> “Temas” e troque o seu tema atual por um dos temas padrão do WordPress.

Se o problema for um dos plugins, clique em “Plugins” e aparecerá uma lista de todos os plugins ativos, clique em “Desativar”, embaixo do nome do plugin, e confirme se o erro foi corrigido. Se ele ainda persistir, reative o plugin desativado e parta para o próximo plugin. 

Deve-se repetir esse processo até que o plugin responsável pelo erro seja identificado.

Se um dos plugins for realmente o responsável, verifique se há alguma atualização disponível para ele ou o desinstale e procure outro similar. 

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Voltar
Whatsapp
Chat
0800 481 7000