Como criar um site de vendas profissional?

Ter um site de vendas profissional é o mesmo que estar disponível a 70% dos compradores brasileiros. Hoje em dia, a internet não pode mais ser vista como uma ferramenta complementar a um negócio físico. Ela é o negócio. A cada dia que passa, mais pessoas aderem ao hábito de adquirir produtos pelo E-Commerce, Landing Pages ou Marketplaces, por exemplo.

É importante pensar no site de vendas com a mesma mentalidade que seria utilizada em uma loja física. Isso significa que o seu site deve ser atraente, agradável, oferecer muitas opções de produtos ou bons serviços, e um ambiente de compras absolutamente seguro.

Conforme as ferramentas digitais se sofisticam, mais a sensação de segurança aumenta da parte dos compradores. Por isso, é hora de planejar e colocar no ar um site de vendas que atenda a todos os requisitos de qualidade.

Veja a seguir como é um site de vendas profissional, como obter um e quais são os tipos mais utilizados pelas empresas.

O que é um site de vendas profissional?

O site de vendas é um cenário virtual de conexão entre empresa e cliente. É no site onde o consumidor se depara com as informações de uma marca, desde a sua identidade visual até mesmo às condições de pagamento. Além de ser uma vitrine, na qual é possível deixar toda a mercadoria exposta 24h por dia, é no próprio site que a compra será realizada.

O que é um site de vendas profissional
Fonte/Reprodução: original

As informações contidas em um site de vendas profissional são pertinentes à simples necessidade do cliente de consumir e da marca de entregar o produto ou serviço. É possível conhecer as informações institucionais (quem é a empresa, há quanto tempo está no mercado, seus valores). Também ficam disponíveis dados de contato, endereço, questões de entrega, identificação e qualificação de produtos, CNPJ da empresa, etc.

Por fim, através de um site é possível monitorar a quantidade e qualidade do fluxo dos clientes, de uma maneira que as redes sociais não podem. São esses dados que permitirão os planejamentos para anúncios, criação de conteúdo e a própria manutenção constante do site de vendas profissional.

O que deve ter em um site de vendas?

Um bom site de vendas profissional precisa apontar na direção da ordem, da eficiência e da vantagem. É possível conquistar esses objetivos ao prestar atenção em alguns aspectos importantes.

Layout de qualidade

O seu site de vendas pode ter uma estética agradável sem deixar de ser funcional. Para isso, garanta que a identidade visual de sua marca esteja presente nas páginas do site, principalmente na home page. Quanto à funcionalidade, é preciso separar os produtos vendidos por categorias e subcategorias.

O layout é importante para que o cliente não se perca ao navegar pelo site. Deve ser simples, atraente e intuitivo para seja naturalmente guiado aos produtos e, consequentemente, à decisão da compra.

Otimização para mobile

Já que dentro do percentual de 70% de brasileiros compram pela internet, boa parte realiza as compras pelo celular, é de vital importância adaptar o seu site de vendas. A tela e os comandos do celular são diferentes dos de um computador. Navegar pelo smartphone por um site que não é otimizado pode ser frustrante e motivo de desistência para muitos.

Além do fator “cliente”, um site otimizado para mobile sempre recebe classificação maior do Google, o que pode colocá-lo no topo da página de resultado de buscas.

Bom servidor

Antes mesmo de criar uma página e planejar seu layout, jamais ignore essa etapa. O servidor é a razão de o seu site se conectar à internet e, por consequência, a todos os clientes. Só com isso já é possível compreender o grau de importância de um servidor de qualidade.

Ao entrar em detalhes, é prudente mencionar que um bom servidor garante a velocidade de seu site. Esse elemento é primordial para que os clientes se mantenham nele e façam suas compras satisfeitos.

Há também a garantia da segurança. Esse fator é ainda mais delicado, pois envolve a troca de dados, especialmente as informações pessoais e de pagamento do cliente. Um dos motivos para a resistência de algumas pessoas a fazerem compras na internet é a sensação de segurança. Por isso as empresas investem em bons servidores. O aumento de consumidores online para 70% reflete o quanto os sites de venda profissional evoluíram

Quais os principais tipos de site que realizam vendas profissionais?

Algumas pessoas confundem um pouco as nomenclaturas, o que é justificável porque são várias. Podem assumir incorretamente que um E-Commerce é semelhante a uma Landing Page ou que é os Market Places são os sites de vendas disponíveis online.

Landing Page

A landing page não é um site voltado apenas para vender produtos ou serviços. De fato, ela faz parte do processo de vendas. Landing (pousar) ocorre quando o cliente conhece a marca em outro lugar, por exemplo em uma rede social, e foi guiado até chegar na landing page.

Essa página pode ser usada para captura de leads, através do preenchimento de cadastros, para a venda de produtos ou serviços, para chamar pessoas para um webinário ou para oferecer conteúdo gratuito. O importante é relacionar a landing page a um objetivo específico.

E-Commerce

Mais conhecido como loja virtual, este tipo de site tem apenas um objetivo: comércio direto. É a vitrine digital do consumidor, de onde ele pode escolher e adquirir o seu produto ou serviço instantaneamente.

A maior característica do E-Commerce é a exclusividade, pois é uma marca que monta a sua própria loja e não precisa competir com outras marcas no seu próprio site de vendas.

Marketplace

Já o Marketplace não é pautado na exclusividade. É interessante pensar nesse site de vendas como uma reunião de diversas marcas, isto é, um shopping virtual. A vantagem desse modelo é a visibilidade. Os shoppings costumam ser maiores e mais vistosos do que as unidades de lojas físicas. Isso apenas se repete no ambiente online.

As plataformas de Marketplace, como o Mercado Livre e a Amazon, são gigantes capazes de tornar qualquer loja visível no Brasil e no mundo. Por outro lado, todo esse espaço abre também um cenário forte de concorrência. No Marketplace a característica da exclusividade é deixado de lado.

Sites corporativos

Esse tipo de site de vendas confere legitimidade e autoridade a sua empresa, isto é, a marca de seus produtos ou serviços. É o site institucional onde o cliente poderá acessar todas as informações que dizem respeito a empresa vinculada ao objeto de sua compra.

Um site corporativo agrega ao fator da segurança. Caso sua marca esteja presente em Market-Place ou em uma loja virtual, mas também possui um site onde há informações de contato, da história da empresa, localidade e valores, isso dá confiança a quem compra.

Outros

Além dos já citados, existem sites mais específicos, como os portais, que são muito usados pelas empresas que vendem informação. Também vale citar os dinâmicos, que combinam informações institucionais da empresa e conteúdo de blog em um mesmo site.

Algumas empresas também usam as hot pages, que são sites que não são permanentes. Eles ficam no ar por um período, apenas para dar ênfase a algum lançamento de produto novo ou sazonal. O índice de tráfego nesses sites deve ser alto para justificar sua criação em primeiro lugar.

Quanto custa criar um site de vendas pela internet?

Essa pergunta tem várias respostas, porque não só o preço do site varia de acordo com o tipo, mas também porque cada site tem suas características próprias. Mesmo que se parta de um determinado orçamento, o valor pode aumentar conforme elementos são adicionados.

Quanto custa criar um site de vendas pela internet
Fonte/Reprodução: original

Em média, um site de vendas pela internet custa em torno de 1.000,00 até 3.000,00, mas sempre é importante lembrar das variações.

Quais as vantagens e desvantagens de pagar para criação do site de vendas?

Pensar em prós ou contras na criação de um site pago tem a ver com o momento de uma empresa. Para os negócios que estão no início e que ainda não contam com um fluxo grande de clientes e muito tráfego no site, a opção gratuita pode ser válida. É uma forma de começar.

Já para empresas um pouco mais maduras, que já passaram pela fase inicial, possuem um fluxo de clientes estabelecido e tráfego de usuários de site crescente, o mais interessante é investir. Principalmente pelo motivo de que se a sua marca está em evolução, isso levará a mais tráfego, clientes e, por fim, conversões.

O site precisará atender às expectativas e entregar qualidade, rapidez e segurança. Quando a demanda é grande, um site gratuito não consegue suportar essa carga e pode se tornar um problema.

Agora que você já conhece e compreende a importância de um site de vendas e seus principais componentes, como um bom layout, otimização para mobile e servidor de qualidade, é hora de partir para a ação.

Analise o momento em que sua empresa se encontra e pondere se não é hora de começar a investir no comércio online, através de um site de vendas de excelência, que só irá atrair novos clientes.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Voltar
Whatsapp
Chat
0800 481 7000